4 de mai de 2011

Um dia...

Quero um dia de humano. Humano mesmo. Um dia em que dinheiro seja a coisa mais importante do mundo, um dia só de coisas idiotas, de comprar coisas que nunca vão ser usadas. Um dia de fraqueza, um dia de lágrimas, um dia de sorrisos de verdade. Um dia pra poder ser verdadeiro, um dia em que nada precise ser escondido. Um dia para se dizer tudo que não foi dito, um dia totalmente de transparência. Um dia de maldade, um dia de sinceridade. Um dia. E eu prometo que nos outros eu volto a fingir.
- J. Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário